Reguladores de tensão

motores aneis

Aplicações:

Os variadores de tensão tipo indução, também chamados reguladores de tensão de indução (RT) tem como principais aplicações: - Estabilização de tensão de rede. É tipicamente um variador contínuo em carga. Quando a estabilização deve ser automática o RT é fornecido equipado com um servo-mecanismo com tolerância de ± 2%. É usado em instalações de computadores e de telecomunicações. - Alimentação de fornos elétricos em c.a. e c.c. e outros equipamentos que exijam variação de tensão em potências elevadas até 4 MW. - Laboratórios e sala de provas de motores elétricos e transformadores. Nesta aplicação é indispensável e praticamente insubstituível, podendo fornecer não somente tensão de saída variável como também fase variável.


Princípios de Funcionamento

É constituído de um transformador cuja estrutura magnética é análoga à de um motor de indução. Pode ser monofásico ou trifásico. Monofásico (RM) - As bobinas primárias são ligadas à rede e as secundárias tem seu acoplamento magnético variável de acordo com o deslocamento angular do núcleo secundário em relação ao primário, variando, consequentemente a tensão de saída. Trifásico (RT) – É como se fosse um transformador de campo rotativo análogo ao campo de um motor de indução trifásico. As três fases do primário são ligadas à rede e as tensões induzidas nas bobinas secundárias tem seu ângulo de fase variável com o deslocamento angular entre os núcleos. Essas tensões somadas com as do primário proporcionam valores de saída que podem variar desde zero até o dobro da nominal, ou mais.


Vantagens

Não sendo máquina rotativa não apresenta desgaste e praticamente dispensa manutenção mecânica. Não possui escovas nem contatos deslizantes, não deforma a onda de tensão. É portanto um equipamento de alta segurança e confiabilidade. Regulação contínua, sem degraus, sem taps ou chaves, tanto em vazio como em carga. Pequeno deslocamento angular entre os núcleos (não maior que 90º) para cobrir toda a faixa de variação.

Confira a matéria publicada na Revista Eletricidade Moderna sobre o Uso de regulador de indução para aumentar a qualidade da energia